Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos


DA SAUDADE
Guida Linhares 

Dentro de mim reside a saudade,
de um tempo que não volta mais.
Nas rugas do rosto a verdade,
transporta-me a tempos atrás.

Fecho os olhos adentrando
ao centro do meu relicário;
nele me vejo chorando
relendo um antigo diário.

A minha enrugada mão,
aconchega um cachecol 
aquecendo meu triste peito,
cansado pelo arrebol.

Trago marcado na testa,
o tempo inexorável.
De amores pura festa
à solidão imensurável.

Mas entendo que a vida,
seja uma história em ação.
Da alegria ou da ferida,
sempre haverá uma lição.

Santos/SP/Brasil 
19/09/18

<><><><>






 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 20/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras