Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos


DAS PORTAS FECHADAS
Guida Linhares

Às vezes erramos por falar tudo o que pensamos e então ao invés de construirmos uma ponte, erguemos um muro de silenciosa indiferença da outra parte.
E portas são fechadas com uma força tamanha que nos retira o ar e nos deixa à deriva de quem tanto gostaríamos de estar por perto. 
Há sentimentos que são difíceis de administrar, quando a marca do afeto cravou profunda em nosso coração.
Porém quando não existem mais acessos disponíveis, roga-se ao bendito tempo que arranque qualquer resquício de saudade, para que possamos seguir em frente, sem medo de ser feliz.
O bom senso deve nos levar a acreditar que quem não deseja estar perto, significa que não houve a correlação de sentimentos e emoções, então é melhor que assim seja.
Mais realista é aquele que vê e compreende, que assimila o fato e prossegue em sua caminhada pela vida afora, com fé em Deus, pois somente Ele pode nos carregar no colo, quando a angustia e o sentimento tentam entrar em nosso ser.
Cultivar a alegria, fonte da juventude, e estar de bem com a vida, apesar dos pesares, nos garantem além da boa qualidade de vida, a manutenção da paz interior e da felicidade em cada momento vivenciado, pois a vida é curta demais para abrigarmos sentimentos e pensamentos negativos.
Se a vida é bela, que se viva em plena harmonia com ela.
Santos/SP/Brasil 
20/09/15
<><><>
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 05/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras