Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos


ETERNO FAZ DE CONTA 
Guida Linhares 

Quando criança, em nosso faz de conta, imaginamos que a boneca é nossa filha e passamos os seus vestidinhos, com todo 
carinho. E naquele momento treinamos para ser futuras mamães.
Quando adultas, se casarmos e tivermos filhos, o faz de conta vira realidade e passamos a roupa deles, caso não tenhamos quem o faça, e certamente o cuidar com afeto vai refletir no amor familial.
E quando os filhos esvaziam o ninho, e a vida se volta inteiramente para nós, será preciso repensar o faz de conta, para que o mesmo carinho e afeto possa ser transferido para outras atitudes que beneficiem o próximo, a fim de que não haja o vazio existencial. 
Todos nascemos com a inteligência que Deus nos deu e desta forma, podemos fazer de conta que a criança que fomos um dia, continua ativa, para que o encanto e a alegria de viver não se percam, ainda que dissabores e decepções tenham acontecido. 
Se encararmos a vida como uma escola de aprendizado e evolução, com a fé em nossa crença e a certeza de que podemos ser senhores de nossa trajetória, com certeza a felicidade sempre estará ao nosso alcance, pois ela nasce dentro de nós, quando a cultivamos com gratidão e alegria. 

Santos/SP/Brasil 
28/02/19

<><><>
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 01/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras