Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos


MEDO DE AMAR NOVAMENTE José Augusto & Guida Linhares
"Já sinto saudades de ti… não é assim uma saudade doída
Mas uma vontade de novamente te ver, te ouvir, te falar, te sentir
Mesmo respeitando o meu medo, eu desejo a sua companhia!.

A saudade chega de mansinho e me envolve.
Me faz lembrar de alguém tão distante,
ao mesmo tempo tão perto, que me comove
quando surge, vindo de uma dimensão adiante.

Mas não quero ser levado por um amor de repente, que não foi bem conhecido,
Quero amor maduro que devagar vai apreciando cada palavra e momento
Para que não me assuste mais, aquele medo de me enganar novamente!

Este medo que trazes em teu inquieto coração,
também se aninha no meu peito, a cada vez
que me encanto com a passageira ilusão,
dançando na fugaz melodia, até chegar o revés.

O medo de amar faz a gente ter receios, escolher bem o que quer,
Pois já vivemos amores, já tivemos alegrias, mas também já sofremos dores…
E por sermos experientes, ficamos exigentes, não querendo sofrer novamente!

Vamos ceifando nossas quimeras no sofrimento,
diante das amargas verdades que queimam na alma,
contudo há que se manter aberta a janela da esperança.

Ainda que o nosso amor seja de momento…
Tem que ser: amor maduro, transparente, equilibrado e sincero.
Amor inteligente, que acabe com nosso medo de amar novamente!!!

Assim como a rosa contém os espinhos da proteção,
nosso coração se protege, abrindo os olhos para o mundo,
até que uma nova semente germine, no fértil terreno do Amor."

Baú de Recordações 2008

&&&

 
 
Guida Linhares e Jose Augusto
Enviado por Guida Linhares em 04/07/2012
Alterado em 21/07/2012


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras