Canteiro dos girassóis

Desvelando o sol poético.

Textos


A MORTE

Guida Linhares


** Porque temer a morte, se viver às vezes é muito mais perigoso e angustiante? **

** Pior do que a morte é o viver morrendo a cada dia, para a vida. **

** Verdades absolutas, o nascer e o morrer, início e fim
da trajetória neste espaço-tempo, onde se tem a oportunidade de evoluir espiritualmente. **

** Da mesma maneira como chegamos a este mundo, num parto de luz e fazemos o nosso primeiro respirar, haverá um outro parto brilhante, quando desprovidos do corpo material, chegarmos a outras dimensões, com o brilho do nosso espírito. **

** A crença de que somos finitos, e que vivemos uma única vida, não explica as diferentes bagagens espirituais que os seres humanos apresentam em suas trajetórias terrenas. **

** Se vivêssemos apenas uma única vida, valeria a pena tanto esforço e dedicação, tanta luta e propósitos? **

** Crer na continuidade da alma ou espírito, nos traz a sensação de que tudo o que fazemos, aprendemos, assimilamos, torna-se instrumento de evolução, assim como o universo não tem começo, meio e fim, os seres humanos não poderiam ser regidos por uma lei diferente, pois são parte integrante do universo cósmico. **

Santos/SP/Brasil
16/02/07


&&&

Maravilhoso questionamento da amiga poeta Maria Virgínia:

(...) Não seria próprio da natureza humana,até como um mecanismo de defesa contra o desconhecido, acreditar no continuismo da vida para a eternidade? (...)

Resposta:

(...) Bem nem preciso dizer que gosto de observar a vida e o ser humano, isso bem antes de me tornar psicóloga. Sempre me inquietou o mistério do quem sou, de onde vim, para onde vou e o que faço aqui. Assim desde que me conheço, nem sei se é porque sou escorpiana, mas a vida e a morte tem para mim o mesmo peso, o mesmo valor. Assim foram muitos anos lendo filosofia e misticismo, religiões e seitas, mas nunca me afastei do meu acreditar em Deus, naquele que habita o nosso coração, e que se vê presente em toda a natureza contemplada e em cada nascimento de uma criança. Nosso corpo vivo é a prova divina de que há mistérios na vida e na morte. Assim não saberia responder a voce, quanto aos mecanismos de defesa, pois estes o conheço bem pelos estudos de Freud, quanto a estrutura psicológica do ser a nível inconsciente. Mas acredito que cada um de nós constrói um universo, o microcosmo interior e nele se refugia, e dentro dele guardamos nossos valores, concepções, princípios, qualidades e defeitos. E este sim seria nossa fortaleza, nosso muro, nossa defesa. Não sei se respondi, mas gosto muito de trocar idéias sobre vários temas, e a morte é um deles.(...)

Santos/SP/Brasil
17/02/07


&&&

Guida Linhares e Maria Virginia
Enviado por Guida Linhares em 16/02/2007
Alterado em 21/11/2011


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras